Páginas

terça-feira, 1 de setembro de 2015

ESTADO DO TAPAJÓS

FRENTE PRÓ-TAPAJÓS INICIA NOVA LUTA PELA CRIAÇÃO DO ESTADO DO TAPAJÓS

Em 2011, 66% dos mais de quatro milhões de eleitores paraenses votaram contra o desmembramento do estado. Dessa vez, o Instituto Cidadão Pró Estado do Tapajós quer que a decisão fique por conta apenas de quem mora no Oeste paraense, região que abrange 23 municípios. Para isso, o vice-presidente do Instituto, Jean Carlos Leitão, aposta na criação de um projeto de lei de iniciativa popular. Com um pouco mais de um milhão de assinaturas, o projeto tem chance de tramitar no Congresso. Em três anos, foram recolhidas cerca de 500 mil.

Um dos membros da comissão aqui em Uruará, Atonio Farias Filho, falou que a luta continua. “Mais uma etapa que estamos enfrentando. Iniciaremos com um novo processo de assinaturas e daremos entrada para a realização de um novo Projeto de Lei de Iniciativa Popular, PLIP; protocolando no Congresso Nacional esse montante de assinaturas, do Plip, sendo aprovado, apenas a área diretamente interessada que será emancipada, será consultada e decidirá se criará, ou não, o novo Estado", explicou.

A Constituição estabelece que o desmembramento de municípios será apenas por lei estadual depois de consulta às populações dos municípios envolvidos. Atualmente estão em análise no Congresso Nacional duas propostas de emenda à Constituição que propõe a consulta apenas às populações das áreas a serem emancipadas. A PEC 327 de 2013, apensada à PEC 297 do mesmo ano, já foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.

Em Uruará, os líderes da frente pró Tapajós, afirmam que os trabalhos serão intensificados. “Vamos intensificar os trabalhos para a criação do novo estado. A luta não vai parar”, destacou Antonio Farias Filho.

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

ERALDO PIMENTA - PIONEIROS DA TRANSAMAZÔNICA

DEPUTADOS PARAENSES APROVAM BOLSA ESPECIAL AOS PIONEIROS DA TRANSAMAZÔNICA E SANTARÉM-CUIABÁ

Durante sessão itinerante realizada pela Assembleia Legislativa do Estado do Pará (ALEPA), em Itaituba, dia 19 passado, os deputados aprovaram projeto que cria uma bolsa especial aos imigrantes remanescentes da colonização das rodovias BR 230 (Transamazônica) e BR 163 (Cuiabá-Santarém ), no Pará, os pioneiros desses projetos. Os 38 deputados presentes à sessão votaram a favor da matéria. A ALEPA é composta por 42 parlamentares.

A proposta é de autoria do deputado Eraldo Pimenta (PMDB), ex-prefeito de Uruará, município localizado na Transamazônica, berço do movimento que luta por uma compensação financeira aos pioneiros dos projetos de colonização das duas rodovias, abertas no início da década de 1970 para receber pequenos agricultores trazidos de outros estados brasileiros, pelo Governo Federal.

Centenas deles se iludiram com as promessas de que ganhariam terras boas para cultivar, casa, ferramentas, sementes para iniciar o plantio, além de um salário mensal até a família se estabelecer na localidade. A promessa feita se resumiu a um lote de 100 hectares, no meio da floresta, onde os colonos tinham que construir seus barracos, retirar as árvores e plantar os alimentos. Muitas famílias não voltaram para seus estados de origem por falta de recursos financeiros e vergonha. Eles se submeteram às condições adversas da região, enfrentaram todo tipo de doença e pagaram o preço pelo pioneirismo. A estrada rasgada no meio da mata se tornou um caminho tomado de atoleiros, no inverno e buracos, no verão. Até hoje, ela não está totalmente asfaltada.

“Os pioneiros lutam para receberem uma indenização e aposentadoria para todos os que vieram à região na década de 1970. Eles chegaram cheios de expectativas e promessas oferecidas pelo Governo Federal, entretanto, ao chegarem à Transamazônica, se depararam com uma realidade totalmente diferente. Este projeto visa indenizar financeiramente, com uma bolsa especial, todos os pioneiros, e, agora, tivemos este projeto votado por unanimidade pela Alepa”, disse Eraldo Pimenta, o primeiro a tornar oficial o assunto na Assembléia Legislativa Paraense.

No primeiro semestre de 2011, por iniciativa do então secretário de Agricultura de Uruará, Cirilo Nicoloide, surgiu, naquele município, um movimento onde os pioneiros reivindicam uma aposentadoria especial por tudo quanto passaram e pela utilidade ao governo federal na década de 1970. Desde então tem acontecido várias reuniões envolvendo agricultores pioneiros para discutir o assunto. O movimento, que já ganhou o apoio de várias instituições públicas e privadas, se expandiu por meio dos sindicatos de trabalhadores rurais da região, que cadastrou mais de 10 mil beneficiários.

Em 2013, o então deputado federal e hoje vice-governador do Pará, Zequinha Marinho, apresentou o projeto 6865/2013, na Câmara dos Deputados, dispondo sobre a concessão de pensão especial aos produtores e trabalhadores rurais trazidos pelo Incra, para os projetos de colonização, implantados pelo Governo Federal ao longo dos trechos paraenses das BR-163 (Cuiabá/Santarém) e 230 (Transamazônica), entre os anos 1971 e 1974. A matéria encontra-se em análise na Comissão de Agricultura daquela casa.

No âmbito do Governo do Estado do Pará, o projeto de Eraldo Pimenta é a primeira sinalização em favor dos Pioneiros da Transamazônica e Santarém-Cuiabá, considerados vítimas de um fracassado projeto de colonização no interior da Amazônia. Apesar de haver modificado grande parte do cenário social, econômico e ambiental do Pará, o movimento de ocupação das rodovias Transamazônica e Santarém-Cuiabá ocupam poucas linhas nos livros de história oficial do Estado.

Para virar lei, o projeto aprovado pela unanimidade dos deputados paraenses, terá que ser sancionado pelo governador do Estado, Simão Jatene, que ainda não se pronunciou em reconhecimento aos direitos dos colonizadores desta região.

(Texto: José Ibanês, com informações de Cirineu Santos, de Uruará).

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

DIRETORES DA RÁDIO REGIONAL FM 91.3 PARTICIPAM DE EVENTO EM SÃO PAULO

O SET EXPO, EVENTO DE NEGÓCIOS E DE TECNOLOGIA PARA BROADCAST E NOVAS MÍDIAS DA AMÉRICA LATINA

Os diretores Adão Carlos e Dj SAM, da Rádio Regional FM 91.3 do Sistema Regional de Comunicação, participam nesta semana,  de 23 até o dia 27 de agosto, em São Paulo, no Pavilhão Vermelho do Expo Center Norte de um dos principais eventos para broadcast e novas mídias da América Latina, o SET EXPO 2015.

O evento reunirá mais de 10 mil profissionais que atuam em setores como data centers, provedores de internet, redes residenciais, redes de acesso, redes corporativas, automação predial, cabeamento estruturado, instalações elétricas, telefonia, telecomunicações, rádio, entre outros públicos relacionados a esses temas.

Dividido em uma grande Feira de negócios, equipamentos, produtos e serviços e um Congresso técnico-científico, o SET EXPO congrega tanto os principais fabricantes do mercado mundial, quanto os mais importantes especialistas do setor.

Mais de 200 expositores, representando mais de 400 marcas nacionais e internacionais, exibem as soluções mais inteligentes e sofisticadas em produção, distribuição e exibição de conteúdo multiplataforma.

O SET EXPO é uma experiência única que oferece aos seus visitantes não só uma visão sobre as novas tecnologias como também uma imersão nos debates sobre as principais tendências e perspectivas do broadcast em âmbito mundial.

“A importância do SET EXPO se dá pela capacidade do evento de agregar os principais interesses de toda a cadeia do broadcast. A Feira e o Congresso apresentam oportunidades de intercâmbio entre os profissionais que fazem parte do setor e criam possibilidades de realização de negócios no Brasil, na América Latina e no mundo”, explica Olímpio J. Franco, presidente e sócio fundador da SET.

Para Adão Carlos, diretor da Regional FM, foi importante a participação. “Foi muito importante participarmos deste evento, onde aproveitamos para ver o que há de novidade e nos mantermos atualizados com o que há de mais moderno, buscando sempre oferecer o melhor em qualidade para os nossos ouvintes e internautas que acompanham o Sistema Regional de Comunicação diariamente”, disse o diretor geral Adão Carlos Oliveira.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

SERVIDORES DA ADEPARÁ ENTRARÃO EM GREVE

Trabalhadores exigem benefícios

(Foto: Divulgação)
Após assembleia realizada na última quinta-feira (27), servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) confirmaram paralisação na instituição em protesto à demora do pagamento do Prêmio Produtividade um direito garantido pelo Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR), que deveria ter sido pago até o mês de abril de 2015.

O valor não seria maior que R$ 800.000,00. Ainda de acordo com a categoria, em reunião, o diretor geral teria informado que os recursos estão garantidos, mas faltaria a publicação do decreto do governador para que fosse efetivado.

O início da greve está previsto para setembro, em data ainda não informada. De início, a ideia é paralisar 100% das atividades em pelo menos três dias. A medida causaria problemas no abastecimento, seja de frigoríficos e abatedores, até chegar ao consumidor final.

De acordo com Otoniel Araújo, a categoria tem outras reivindicações, como redução da carga horária de trabalho e criação de uma mesa permanente de negociação com a direção da instituição. 

A reportagem do DOL entrou em contato com a Adepará para saber que medidas serão tomadas para resolver este impasse.

(DOL)

NOTA

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) informa que os servidores do órgão não estão em greve, que todas as atividades de defesa agropecuária desempenhada pela Agência estão mantidas e todos os atendimentos aos produtores rurais estão acontecendo normalmente em todo o Estado do Pará.

Sobre o Prêmio Produtividade, a Adepará informa que esteve reunida com os representantes do Sindicato dos Trabalhadores do Setor Público Agropecuário e Fundiário do Estado do Pará (Stafpa) no último dia 17 de agosto, onde a diretoria do órgão estadual reafirmou o seu empenho, compromisso e sua atuação conjunta, aos demais órgãos do Governo do Estado, para agilizar o pagamento do Prêmio Produtividade aos servidores.

A NOTA foi enviada para meu email, conforme contato telefônico feito hoje (28/08), pela assessoria de Comunicação da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará).

Camila Moreira
Jornalista
Ascom Adepará

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

CONSÓRCIO TAPAJÓS

CONSÓRCIO TAPAJÓS DEVE SE REGULARIZAR COM SINCOV PARA AJUDAR MUNICÍPIOS DA REGIÃO

Foi o que informou a Secretária Executiva do Consórcio, Denise Pimenta, ressaltando as conquistas obtidas pela entidade em prol da região. “Estamos trabalhando para regularizar com o Sistema de Convênios – SICONV e assim podermos firmar convênios através do Consórcio Tapajós, no sentido de contribuir com os municípios em diversas áreas de atuação como infraestrutura, agricultura, educação e saúde“, explica.

Segundo ela, os municípios acabam sendo penalizados pelo Governo Federal e Estadual por conta da burocracia. “Enquanto Consórcio, temos que nos unir para que assim busquemos juntos. E, mais fortalecidos e organizados, podemos ter maiores investimentos, esse é o papel do Consórcio, enquanto entidade”, ressalta.

Denise Pimenta disse ainda, que o Consórcio dos Municípios do Tapajós está buscando parcerias junto a Celpa, recursos para melhorar a situação da iluminação pública dos municípios do entorno, tendo em vista que é de responsabilidade também dessa empresa.

O Consórcio Tapajós envolve os municípios de Rurópolis, Jacareacanga, Itaituba, Novo Progresso, Aveiro e Trairão e tem como missão transformar a região num dos principais pólos de desenvolvimento do País.

JUNTA DE SERVIÇO MILITAR DE URUARÁ

NO DIA DO SOLDADO, (25/08) JOVENS JURAM BANDEIRA E RECEBEM RESERVISTA EM URUARÁ

Em comemoração ao Dia do Soldado, onde é referenciado o nascimento do Patrono do Exército Brasileiro, Marechal Luis Alves de Lima e Silva (Duque de Caxias), a Junta Militar em Uruará faz a entrega de Certificados de Dispensa de Incorporação (Reservistas) aos jovens do ano de 1997, conforme explicou o secretário da Junta em Uruará, José Aquilino. “Nesta data, aproveitamos a oportunidade para entregar a dispensa e o juramento à bandeira. Não somente aos jovens de Uruará, mas, de Altamira, Brasil Novo e Medicilândia”, disse.

O Secretário falou da importância desta documentação. “Segundo a legislação brasileira o cidadão tem que estar em dias com o serviço Militar para obter passaporte, titulo de eleitor, CPF, participar de concursos, entre outros”, explicou.

O cidadão Amilton Costa acompanhou a entrega da Certidão. “Estamos acompanhando estes jovens, é muito importante eles estaram em dias com o civismo”, disse.

O Jovem Alan da Silva, falou da emoção de participar da Cerimônia. “Muito emocionante! Ouvir o Hino Nacional, o coração acelera. Fico honrado em estar aqui nesta solenidade, onde hoje o Brasil precisa de jovens que ama a pátria”, destacou.

Durante a solenidade para entrega de Certificados de Dispensa de Incorporação, também foi feito o juramento a bandeira. O evento aconteceu pela manhã na Junta Militar em Uruará.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

FESTA EM VITÓRIA DO XINGU

ESTÁDIO ARENA XINGU SERÁ INAUGURADO NESTA TERÇA-FEIRA (25/08) EM VITÓRIA DO XINGU

Um estádio moderno e arrojado, considerado o segundo melhor do interior do estado do Pará. Suas instalações contam com vestiário para jogadores e juízes, camarotes, cadeiras cativas, sala para imprensa, sala para a polícia e corpo de bombeiros, banheiros para os torcedores, bilheteria, lanchonete e praça.

Além do gramado, do sistema de iluminação e som, arquibancada coberta projetada para manter o som dentro do estádio e proteger os assentos da chuva, sem impedir a entrada da luz do Sol. O estádio tem capacidade para 5 mil pessoas.


segunda-feira, 24 de agosto de 2015

ERALDO PIMENTA EM AÇÃO - SESSÃO ITINERANTE EM ITAITUBA

ERALDO PIMENTA, DEPUTADO DO PMDB, TEM DOIS PROJETOS VOTADOS POR UNANIMIDADE, PELA ALEPA DURANTE SESSÃO ITINERANTE EM ITAITUBA

O primeiro, o fundo de aval dando condições aos produtores e agricultores terem possibilidade de fazer financiamentos, e, o segundo, a Bolsa Especial aos Pioneiros da Transamazônica e BR 163.

A realização de Sessões Itinerantes no interior do estado, mais precisamente na região da Transamazônica e BR 163, foi uma solicitação através de requerimento apresentado pelo Deputado Estadual, Eraldo Pimenta (PMDB) à ALEPA e teve como objetivo reunir deputados, prefeituras e representantes da sociedade civil para debater e apontar propostas para a construção de um Pará mais justo e igualitário.

Os deputados, 38 ao todo, discutiram e votaram oito projetos de lei constantes na pauta de votação, entre eles, dois projetos de autoria do deputado Eraldo Pimenta (PMDB). O primeiro, alterando o inciso II do Art. 2º da Lei nº 6.293, de 07 de maio de 2000, incluindo nos benefícios previstos nesta lei os micros e pequenos produtores rurais e urbanos, inclusive da agricultura familiar, pescadores e aquicultores e, o segundo, o que cria a Bolsa Especial aos imigrantes remanescentes da colonização das Rodovias BR-230 e BR-163, no Pará.

“Os pioneiros lutam para receberem uma indenização e aposentadoria para todos os que vieram à região na década de 70. Os mesmo chegaram cheios de expectativas e promessas oferecidas pelo Governo Federal, entretanto, ao chegarem à Transamazônica, se depararam com uma realidade totalmente diferente. O Projeto visa indenizar financeiramente, com uma bolsa especial, todos os pioneiros, e, agora, tivemos este projeto votado por unanimidade pela Alepa”, disse Eraldo Pimenta.

O deputado Marcio Miranda parabenizou os deputados que se disponibilizaram a sair de suas regiões para conhecer uma importante parte do imenso Estado do Pará. “O objetivo foi conhecer de perto a realidade deste região, bem como, visitar as obras do governo que estão acontecendo no município, e o principal, que é ouvir as demandas da população para levar ao conhecimento das autoridades estaduais e federais e assim ajudar a resolver as questões”. E concluiu. “Quero agradecer às autoridades aqui presentes, os prefeitos da região, as lideranças dos mais diversos movimentos sociais, população indígena e o povo em geral.

Durante a Sessão, realizada em Itaituba, o deputado Eraldo Pimenta teve a honra de presidir a sessão itinerante.



sexta-feira, 21 de agosto de 2015

NOVO TEMPO - PASTOR LUIS GONÇALVES

NOITES DE ESPERANÇA REALIZADA EM URUARÁ COM PASTOR LUIS GONÇALVES DA TV NOVO TEMPO

A quadra da Praça Municipal esteve repleta de visitas para ouvir a mensagem do Evangelho.

Realizada nesta quinta-feira (20) em Uruará, o encontro das Noites de Esperança com o pastor Luís Gonçalves, diretor de evangelismo da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) na América do Sul e apresentador do Programa Arena do Futuro da TV Novo Tempo.

Centenas de pessoas participaram do evento. As Noites de Esperança são a parte prática do Evangelismo-Escola realizadas nos Municípios de Santarém, Itaituba, Uruará e Altamira.


Os objetivos da programação são reavivar a igreja, aproximar os afastados e ganhar novos conversos. Para encarar esta maratona pelo Oeste do Pará, Gonçalves diz que suas expectativas são as melhores possíveis. “Eu sei o potencial que tem aqui no Oeste do Pará, sei do fervor missionário do norte do Brasil. A União Norte Brasileira está trabalhando integrada com a Divisão Sul-Americana. É um projeto da Divisão que está sendo feito em formato de Evangelismo-Escola e Caravana”, destaca. 

Acompanharam o Pastor Luis Gonçalves, a cantora Cynthia Nascimento, os pastores Ozeias Costa (presidente da Mopa), Alexandre Galvão (Evangelista da Mopa) e os Pastores Elizeu Mendes, Carlos Escopel e Geferson Oliveira.





POR UM URUARÁ MELHOR

MILHARES SAEM ÀS RUAS POR UM URUARÁ MELHOR

Segurança, Compromisso, Administração e Transparência, encabeçam as reivindicações da sociedade civil e organizada e a população em geral do município de Uruará em decorrência a insatisfação de todos, com a maneira como o município está sendo administrado, com o descaso e abandono em que se encontra a zona urbana e zona rural do município.

Nesta sexta-feira, 21, insatisfeitos com a falta de segurança, falta de medicamentos nas unidades de saúde, falta de coleta de lixo, péssimas condições das ruas, salários atrasados de servidores, entre outros, levou milhares de uruaraenses vestidos de branco a saírem às ruas da cidade na Passeata Por Um Uruará Melhor.

Cerca de 90% do comércio fechou as portas em adesão ao movimento e diversas categorias de servidores se uniram a população no protesto pacífico. A concentração do movimento ocorreu em frente a Câmara de Vereadores. Com faixas e cartazes os manifestantes perfizeram o percurso passando por ruas de chão com muita poeira até chegarem a frente ao Fórum do município, onde uma carta reivindicatória contendo todas as reivindicações da população de melhorias para o município foi entregue a Promotoria de Justiça e Judiciário local. O mesmo documento também foi entregue a Câmara de Vereadores.

A população requer apoio e atuação efetiva das autoridades competentes em prol de mudanças urgentes no município de Uruará em tudo que se refere a qualidade de vida e direitos constitucionais dos cidadãos do município.

Segundo a Polícia Militar Cinco mil pessoas participaram da Passeata, que se encerrou por volta das 11 horas frente ao Fórum, ocasião em que o Juiz da Comarca de Uruará, Vinícius de Amorim Pedrassoli, recebeu e protocolou a documentação contendo as reivindicações da população.







terça-feira, 18 de agosto de 2015

SESSÃO ITENERANTE DA ALEPA EM ITAITUBA

ERALDO PIMENTA, DEPUTADO ESTADUAL DO PARÁ É ATENDIDO, E, SESSÃO ITINERANTE DA ALEPA SERÁ REALIZADA EM ITAITUBA

Será realizada nesta quarta-feira (19), a Sessão Itinerante da Assembléia Legislativa do Pará (ALEPA), no município de Itaituba, no sudoeste do Pará. A sessão faz parte do projeto do Deputado Estadual do Pará, Eraldo Pimenta, do PMDB, que solicitou esta Sessão Especial para esta região, e, tem como objetivo reunir deputados, prefeituras e representantes da sociedade civil para debater e apontar propostas para a construção de um Pará mais justo e igualitário, principalmente investimentos para o Oeste do Pará.

“Pela primeira vez na História do Oeste do Pará, teremos esta sessão, onde iremos discutir diversos assuntos, com Saúde, Educação, Luz Para Todos, Agricultura, infraestrutura, questões ambientais, e, as dificuldades que nossa região passa com a ausência do governo do Estado e governo Federal. Nosso objetivo é propor e garantir melhorias para esta região”, explicou o deputado Eraldo Pimenta.

38 deputados se farão presentes na Sessão Itinerante.





segunda-feira, 17 de agosto de 2015

PARALISAÇÃO DOS SERVIDORES EM URUARÁ

SERVIDORES PÚBLICOS DE URUARÁ DECIDEM POR PARALISAÇÃO GERAL

Servidores da Prefeitura Municipal de Uruará PARALISARAM suas atividades. As informações são da Presidente do Sinspur, Ana Cristina, que informou que a decisão foi tomada em Assembléia Geral realizada nesta terça-feira (11). Irão paralisar SERVENTES, VIGIAS, SERVIÇOS GERAIS, PESSOAL DE SECRETARIAS, TÉCNICOS DE ENFERMAGENS. É possível que a CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO não seja realizada neste sábado (15) em Uruará.

Ana Cristina disse que a Prefeitura foi notificada com o prazo de 48 horas, contada a partir do dia 12 de agosto. “Não fomos recebidos pelo prefeito Everton Banha, e ninguém entrou em contato com a categoria para uma negociação. Na verdade, não queremos negociação, queremos solução dos problemas, entre eles, atrasos salariais, falta de pagamento do 13º dos servidores contratados da Saúde, falta de condições básicas de trabalho aos servidores, entre outros problemas enfrentados pela categoria”, disse.

Na próxima segunda-feira (17), uma Assembléia Geral foi marcada pela categoria, para as 09 horas da manhã, na sede do Sinspur, para deliberar sobre as ações durante a paralisação.



sexta-feira, 14 de agosto de 2015

MAIS UMA DA CÂMARA MUNICIPAL DE URUARÁ

SESSÃO NA CÂMARA DE VEREADORES DE URUARÁ É ENCERRADA ANTES QUE VEREADORES DA OPOSIÇÃO FIZESSEM USO DA PALAVRA

Presidente Da Câmara de Vereadores do município de Uruará, Gedeon Moreira, encerrou a Sessão Ordinária nesta sexta-feira, 14, sem permitir que os vereadores da oposição, Jackson Oliveira e Zenilson Negão, fizessem uso da palavra na tribuna.

O presidente da casa iniciou a Sessão Parlamentar e em seguida, após apresentação de um solitário requerimento, o presidente abriu a palavra para os parlamentares perguntando se algum vereador queria fazer pronunciamento, quando os vereadores Zenilson Negão e Jacson Oliveira se levantaram de suas cadeiras sinalizando que iriam usar a tribuna o presidente da casa encerrou imediatamente a Sessão. Cerca de 10 uruaraenses presenciaram o fato.

Durante a sessão foi apresentado apenas um requerimento dos vereadores Gilmar Milanski, Zenilson Negão e Jacson Oliveira convocando o prefeito para prestar explicações sobre a situação do município.

Esta foi a primeira Sessão do segundo semestre realizada na Câmara desde o retorno dos vereadores aos trabalhos, já que a sessão que deveria ter ocorrido na última sexta-feira não aconteceu.

Com presença de 10 dos 13 vereadores do município a sessão ordinária desta sexta durou menos de 30 minutos.

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

URUARÁ EM ABANDONO TOTAL

VEREADORES RECORREM AO MINISTÉRIO PÚBLICO PARA EXIGIR QUE O EXECUTIVO MUNICIPAL FAÇA RECUPERAÇÃO DAS RUAS DE URUARÁ (PA)

A ausência de asfalto e a não recuperação e manutenção das ruas trafegáveis deixa as vias em péssimas condições dificultando o ir e vir dos cidadãos uruaraenses.

Os vereadores Gilmar Milanski, Zenilson Negão e Jachison Oliveira, cobraram através de ofício, ao Ministério Público Estadual em Uruará, para que o mesmo cobre da Prefeitura Municipal de Uruará a imediata recuperação das ruas da cidade. Segundo os vereadores, o objetivo é buscar melhorias para Uruará, pois o Município atravessa a pior crise administrativa de sua história, com a atual falta de gestão e compromisso por parte do Executivo Municipal com os anseios e as necessidades da população.

O vereador Gilmar Milanski (PMDB), disse que Uruará está em estado calamidade pública. “No que se refere a lixo, entulhos, enfim, não dá para trafegar mais nas ruas. Então há tempos estamos cobrando, mas, ninguém do executivo toma iniciativa, então encaminhamos ao Ministério Público para intervir e cobre do executivo”, disse.

Segundo o vereador de Zenilson Negão (PROS), várias cobranças foram feitas ao poder executivo, o apelo agora foi ao Ministério Público Estadual. “Apelamos mais uma vez para a promotoria, para que ele intervenha junto ao Executivo e a nos ajudar a buscar as devidas soluções para esses problemas, para que nossa população possa contar com condições de vida melhores e mais seguras e higiênicas”, explicou.

Zenilson disse ainda que a Câmara de vereadores está dividida. “Temos três vereadores buscando alternativas. Mas, infelizmente temos nove vereadores, que apóiam tudo o que o prefeito faz. Estamos em desvantagem. E, isso faz com que dificulte nossa luta. Pois tudo o que o prefeito faz, estes nove vereadores dizem amém”, revelou.

Espera-se que a promotoria de Justiça em Uruará, ajude a buscar soluções a esses problemas no Município no sentido de recuperar e deixar as ruas e avenidas em excelentes condições de trafegabilidade.


O governador do estado, Simão Jatene (PSDB), prometeu no ano de 2010, 10 km de asfalto para asfaltar ruas e avenidas da cidade de Uruará, o que até o exato momento não foi cumprido, após quase seis anos de feita a promessa. São ruas e avenidas de chão que geram muita poeira no período seco, como agora, e no inverno gera muita lama, e a população sofre as conseqüências.

Pesquisar este blog

Carregando...